Núcleo Alaya Dança

O Núcleo Alaya é um espaço de desenvolvimento de pesquisas na linguagem da dança-teatro contemporânea que abriga as criações artísticas e ações pedagógicas propostas pelos integrantes da Cia Alaya. Além de dançarinos o Núcleo é constituído por arte-educadores, professores de teatro e pesquisadores das artes da cena.

As premissas do Teatro do Movimento fundamentam os processos investigativos, pedagógicos e de criação e a expressão artística dos intérpretes e pesquisadores do Núcleo Alaya. A estas premissas são articuladas a outros métodos do trabalho de preparo e expressão corporal, com, por exemplo, as técnicas de Pilates, entre outras.

A Cia. Alaya de Dança, em 2009 foi a primeira Cia. a ser apoiada com recursos do Fundo de Apoio a Cultura FAC-DF para projeto de Manutenção. Este projeto foi concebido, coordenado e desenvolvido pelo Núcleo Alaya coma duração de 08 meses. Dentre as atividades realizadas no âmbito do Projeto de Manutenção, destacam-se:

• Curso de iniciação para intérpretes criadores – 180 horas/aula.

• Pesquisas prático-teóricas na linguagem da dança-teatro abordando a temática do espaço e da espacialidade, com recorte para a paisagem urbana de Brasília – 100 horas/aula.

Todo processo pedagógico em seus aspectos práticos e conceituais constitutivos das ações desenvolvidas pelo Projeto de Manutenção foram realizadas pelos professores, pesquisadores e intérpretes do Núcleo Alaya.

O Núcleo Alaya propõe e realiza oficinas, laboratórios, palestras e espetáculos de dança, voltado para professores e alunos das escolas da Rede Pública e Rede particular de Ensino no Distrito Federal.

O espetáculo “Água” de 2008 e 2009, com coreografia de Alexandre Nas intérpretes criador, professor e pesquisador do Núcleo Alaya, é um exemplo de ação artístico-cultural e educativa, realizada pelo Núcleo. Este espetáculo irá se desdobrar no Projeto “Água nas Escolas”. O espetáculo “Água” foi apresentado para cerca de dez mil crianças e jovens, alunos da Rede Pública de Ensino e moradores das cidades-satélites: de Santa Maria, Recanto das Emas, São Sebastião, Samambaia, Taguatinga e Ceilândia.

O projeto “Água nas Escolas” incluiu palestras nas escolas sobre a temática da água e oficinas de dança para os professores. Este projeto foi integralmente apoiado pelo FAC-SEEC-DF.

Em 2009, outro espetáculo é realizado sob a coordenação do Núcleo Alaya, trata-se de “Estrada Griô”, interpretado por João Negreiros e dirigido por Hugo Rodas.

As Mostras de Interpretes Criadores realizadas pelo Núcleo Alaya

As Mostras de intérpretes criadores têm a curadoria do Núcleo Alaya e se constituem em espaços privilegiados de intercâmbios de saberes e fazeres da dança, e da composição coreográfica, entre dançarinos, pesquisadores, músicos, professores e demais artistas cênicos.

• I Mostra de Intérpretes Criadores – Tema de pesquisa: Origem – 2000.

• II Mostra de Intérpretes Criadores – Tema de pesquisa: Origem – 2002.

• III Mostra de Intérpretes Criadores – Tema de pesquisa: Corpo Poeta – 2003.

• IV Mostra de Intérpretes Criadores – Tema de pesquisa: Corpo Sonoro – 2007

• V Mostra de Intérpretes Criadores – Tema de pesquisa : Metáforas Espaciais – setembro de 2010.